Blogue simples e personalizado, de conteúdo essencialmente literário, dando voz tanto a autores desconhecidos como veiculando autores célebres; com pequenos focos na música, pintura, fotografia, dança, cinema, séries, traduzindo e partilhando alguns dos meus gostos pessoais.
Sejam benvindos ao meu cantinho, ao meu mundo :)

terça-feira, 13 de outubro de 2009

"Demasiado Cedo..."



Pelos campos sinuosos
Ouvia-se um cantar
Era um som harmonioso
De alguém a desabrochar


Queria ser quem não era
Queria estar onde não estava
Queria viver essa Era
Como uma força avançada


Num grito altivo,
Sentiu-se um prenúncio;
Era ele a chegar
Para poder embarcar


De Braga a Nova Iorque
Entre Folclore e Rock
Um ícone popular
Uma voz de encantar


A sua existência, decorreu com brevidade
E descolado do seu Eu,
A sua escrita deixa saudade
Doou-nos tudo que era seu



Web site desta imagem

en.wikipedia.org
Postar um comentário