Blogue simples e personalizado, de conteúdo essencialmente literário, dando voz tanto a autores desconhecidos como veiculando autores célebres; com pequenos focos na música, pintura, fotografia, dança, cinema, séries, traduzindo e partilhando alguns dos meus gostos pessoais.
Sejam benvindos ao meu cantinho, ao meu mundo :)

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

“Hino à Pureza de um Homem” - de Florbela de Castro




Será que consigo encontrar palavras
Para dizer que te amo?
E que te aproximas do ideal que já quis procurar?
Será que vou conseguir explicar
Que este amor é meu soberano?
E que se assemelha a um sonho
Que outrora eu quis alcançar?
És um belíssimo sol nascente!
Um amanhecer cheio de promessas!
Que o acaso cruzou com este sol, no poente
Ao qual, só lhe resta um mundo às avessas…
Nunca hei-de poder definir
O fascínio que nos teus olhos transparece!
A tua alma não pára de traduzir
A tua fome de saber, até me enternece!
Será que vou conseguir tocar
O teu coração imberbe?
E fazer-te entender que o amor
É uma dádiva realizável?...
Será que consigo penetrar onde
A minha fantasia já nem se atreve?...
E descobrir se este ideal de amor
É inexpugnável…


20/08/1997


imagem retirada da net

Pode compartilhar livremente a obra desde que respeite os creditos. 


Todos os direitos reservados.Safe Creative #1404150602357
Postar um comentário