Blogue simples e personalizado, de conteúdo essencialmente literário, dando voz tanto a autores desconhecidos como veiculando autores célebres; com pequenos focos na música, pintura, fotografia, dança, cinema, séries, traduzindo e partilhando alguns dos meus gostos pessoais.
Sejam benvindos ao meu cantinho, ao meu mundo :)

quarta-feira, 20 de julho de 2011

"À Virgem Santíssima" - Antero de Quental



Cheia de Graça, Mãe de Misericórdia. 




 Num sonho todo feito de incerteza,
 De noturna e indizível ansiedade,
 É que eu vi teu olhar de piedade 
 E (mais que piedade) de tristeza... 
 Não era o vulgar brilho da beleza, 
 Nem o ardor banal da mocidade... 
 Era outra luz, era outra suavidade, 
 Que até nem sei se as há na natureza... 
 Um místico sofrer... uma ventura
 Feita só do perdão, só ternura 
 E da paz da nossa hora derradeira... 
 Ó visão, visão triste e piedosa! 
 Fita-me assim calada, assim chorosa... 
 E deixa-me sonhar a vida inteira!




Web site desta imagem

dignow.org
Postar um comentário