Blogue simples e personalizado, de conteúdo essencialmente literário, dando voz tanto a autores desconhecidos como veiculando autores célebres; com pequenos focos na música, pintura, fotografia, dança, cinema, séries, traduzindo e partilhando alguns dos meus gostos pessoais.
Sejam benvindos ao meu cantinho, ao meu mundo :)

domingo, 16 de maio de 2010

Grãozinho de Areia- de Florbela de Castro



Sou um feliz grão de areia
Porque brinco com o Sol de Deus
Há quem me calque
E há quem me pegue graciosamente
Para escorregar entre os dedos.
Sinto a chuva,
A água do ar,
E o vento que me leva mais além.
Já fui uma grande pedra
Mas com o tempo
Tornei-me neste grãozinho
Prefiro ser pequenina
Do que grande e dura.
Posso ir onde eu desejar
Porque sou leve e pequenina,
Alegre e confiante.
Como pedra
Eu era grande e sólida,
Estática e presa.
Petrificada, não saia para lado nenhum.
Não preciso de muito
Só de ser quem sou.


Pode compartilhar livremente a obra desde que respeite os creditos. 

Todos os direitos reservados.Safe Creative #1404150602357

Web site desta imagem

deviantart.com
Autor da imagem: Feimo
Postar um comentário